Extração em Fase Sólida: Fundamentos Teóricos e Novas Estratégias para Preparação de Fases Sólidas

Jardim, Isabel Cristina S. F.

Palavras-chave: Extração em fase sólida, fase sólida ou sorvente, preparação de amostra, cartuchos de extração em fase sólida preparados no laboratório.

Resumo: A extração em fase sólida (EFS), atualmente, é uma das técnicas mais utilizadas para extração e/ou concentração de amostras complexas, permitindo que analitos em concentrações muito baixas sejam detectados por métodos como cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), cromatografia gasosa (CG) e eletroforese capilar (EC). Este artigo tem o objetivo de discutir os fundamentos da EFS e apresentar novas estratégias de preparo de fases sólidas, desenvolvidas no Laboratório de Pesquisas em Cromatografia Líquida (LabCrom) do Instituto de Química da Unicamp, e suas aplicações. A fase sólida é preparada pela deposição de um polímero sobre suporte de sílica seguida de imobilização usando radiação gama ou microondas ou tratamento térmico. O método desenvolvido é uma aplicação da química verde, uma vez que não há resíduos tóxicos após o preparo.


Referências Bibliográficas

1. H.F. DeBrabander, H. Noppe, K. Verheyden, J.V. Bussche, K. Wille, L. Okerman, L. Vanhaecke, W. Reybroeck, S. Ooghe, S. Croubels. J. Chromatogr. A, 1216, 7964 (2009).
2. A. Hercegová, M. Dömötörová, E. Matisová. J. Chromatogr. A, 1153, 54 (2007).
3. Y. Chen, Z. Guo, X. Wang, C. Qiu. J. Chromatogr. A, 1184, 191 (2008).
4. O.D. Prestes, C.A. Friggi, M.B. Adaime, R. Zanella. Quim. Nova, 32, no 6, 1620 (2009).
5. F.M. Lanças. Extração em Fase Sólida (SPE). Rima, São Carlos (2004).
6. J. Hernández-Borges, T.M. Borges–Miguel, M.Á. Rodriguez-Delgado, A. Cifuentes. J. Chromatogr. A, 1153, 214 (2007).
7. P.T. Anastas. Crit. Rev. Anal. Chem. 29, 167 (1999).
8. M. Tobiszewski, A. Mechlinska, B. Zygmunt, J. Namiesnik. Trends Anal. Chem., 28, 943 (2009).
9. K.Yoshimura, H.Waki, S. Ohashi. Talanta, 23, 449 (1976).
10. M.C. Hennion. J. Chromatogr. A, 856, 3 (1999).
11. N. Fontanals, R.M. Marce, F. Borrull. Trends Anal. Chem., 24, 394 (2005).
12. L. Nováková, H. Vlcková. Anal. Chim. Acta, 656, 8 (2009).
13. F.M. Lanças. Sci. Chromatogr., 0, 17 (2008).
14. T. Hyötyläinen. LCGC, 12, 6 (2009).
15. S.C.N. Queiroz, C.H. Collins, I.C.S.F. Jardim. Quim. Nova, 24, no 1, 68 (2001).
16. Guide to Sample Preparation. Supplement to LCGC. Outubro de 2008.
17. A.M. Faria, C. H. Collins, I.C.S.F. Jardim, J. Braz. Chem. Soc., 20, no 8, 1385 (2009).
18. A.M. Faria, I.C.S.F. Jardim; K. E. Collins, C. H. Collins. J. Sep. Sci., 29, 782 (2006).
19. C.H. Collins, C. R. Silva, A.M. Faria, A. M.; K.E. Collins, I.C.S.F. Jardim. J. Braz. Chem. Soc., 20, 604 (2009).
20. S.C.N. Queiroz, L.F.C. Melo, I.C.S.F. Jardim. J. Chromatogr. A, 948, 171 (2002).
21. J.M. Pozzebon, S.C.N. Queiroz, L.F.C. Melo, M.A. Kapor, I.C.S.F. Jardim. J. Chromatogr. A, 987, 381 (2003).
22. H.F. Maltez, L.F.C. Melo, S.C.N. Queiroz, I.C.S.F. Jardim, A.J. Curtius, E. Carasek. Microchim. Acta, 144, 17 (2004).
23. L.F.C. Melo, C.H. Collins, I.C.S.F. Jardim. J. Chromatogr. A, 1032, 51 (2004).
24. I.C.S.F. Jardim, K.E. Collins, C.H. Collins. Microchem. J., 77, 191 (2004).
25. L.F.C. Melo, C.H. Collins, I.C.S.F. Jardim. J. Chromatogr. A, 1073, 75 (2005).
26. S.C.N. Queiroz, L.F.C. Melo, I.C.S.F. Jardim. Quim. Nova, 29, no 4, 637 (2006).
27. C.R.M. Vigna, L.S.R. Morais, C.H. Collins, I.C.S.F. Jardim. J. Chromatogr. A, 1114, 211 (2006).
28. A.M. Faria, L. Maldaner, C.C. Santana, I.C.S.F. Jardim, C.H. Collins. Anal. Chim. Acta, 582, 34 (2007).
29. R.T. Marques, L. Maldaner, I.C.S.F. Jardim, Preparação de cartuchos recheados com sorvente do tipo fenil para extração em fase sólida de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos. Trabalho apresentado no 15o Encontro Nacional de Química Analítica e 3o Congresso Iberoamericano de Química Analítica, (2009).
30. A.P. Bodemeier, L. Maldaner, I.C.S.F. Jardim, Influência da carga do polímero fluorado no preparo de cartuchos para extração em fase sólida. Trabalho apresentado no 15o Encontro Nacional de Química Analítica e 3o Congresso Iberoamericano de Química Analítica, (2009).
31. Comission of the European Communities (SANCO), 2003, Document nº SANCO/2007/3131. Method Validation and Quality Control Procedures for Pesticide Residues Analysis in Food and Feed, Bruxelas, Bélgica, 2007, http://ec.europa.eu/food/plant/ protection/resources/qualcontrol_en.pdf, acessado em jan/2010